domingo, 29 de novembro de 2015

QEx termina turnê 2015 em grande estilo

A banda do Queen Extravaganza no mês de novembro esteve em plena turnê pelo Reino Unido em comemoração aos 40 anos do álbum Queen A night of the opera de 1975. Nesta temporada o repertório tradicional do Queen foi deixado de lado para então dar lugar ao famoso álbum Queen de 1975 A night of the opera que foi apresentado em sua totalidade, além de outras musicas extraídas dos 3 primeiros álbuns do Queen.

No dia 22 de Novembro em GLOUCESTER - foi o encerramento oficial da temporada. Nesta noite a banda contou com uma presença mais do que ilustre e querida: Brian May. Brian não participou tocando, mas esteve presente assistindo a tudo e no final, subiu ao palco. Com um belo sorriso no rosto, Brian mostrou ar de aprovação e grande satisfação pelo programa apresentado

Após o show Brian postou a seguinte mensagem em seu site:
Grande final para o show de hoje à noite na turnê Queen Extravaganza do Reino Unido. Eu estava feliz por estar na plateia - valeu bem a pena a viagem, eles realizaram o álbum"A Night at the Opera", em sua totalidade! Eu acho que nuca mais vou ouvir The Prophet's song sendo apresentado nesse grau de excelência novamente! Grande musicalidade, grande dedicação aos detalhes, apresentação agradável a todos, ótimo trabalho e bem feito pele equipe QE. Rock on!

Em 1 de nov 2015 Roger Taylor criador oficial do Queen Extravaganza marcou presença mais do especial no show de Portsmouth.  
 

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Queen na Q Magazine 2015

Queen na Q Magazine 2015 em comemoração aos 40 anos de Bohemian Rhapsody... com Roger na capa cheio estilo de charme e elegância !

Bulgaria e Romenia: Queen + Adam live 2016 !

Mais duas datas adicionadas! PRESS RELEASE:
QUEEN + ADAM LAMBERT
pela 1a VEZ NA BULGÁRIA e na ROMENIA em 2016 !!
23 de junho (Bulgarisa) e
na Romenia -21 de Junho
http://www.brianmay.com/queen/queennews/queennewsnov15.html…

Bulgaria
Romenia








quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Adam Lambert: Estudei vídeos de Freddie Mercury

Resultado de imagem para adam lambert im absolute radio
(Fonte: aqueenofmagic.com 19 nov 2015) - Em uma recente entrevista para Absolute Radio perguntaram a Adam se ele estudou os videoclips de Mercury para preparar-se para o papel como novo vocalista da banda. A resposta foi: "Eu fiz alguma pesquisa, eu sentir que eu realmente precisava ser capaz de lidar no palco e executar bem a tarefa que me foi confiado a banda, eu já estava bastante familiarizado com a banda antes... Mas quando eu comecei a trabalhar com eles há alguns anos atrás, foi quando eu fui na internet e vi suas performances ao vivo "

Ele continuou. "Montreal é um que me impressionou, é o concerto que Freddie corre pelo palco em shorts e descalço. Quando vi eu pensei que era a coisa mais engraçada do mundo  e observei até  entender o que significa ser uma estrela do rock com o pensamento: "eu me importo uma Me..... com tudo isso  e faço o que eu quero '... Eu não sei ... Eu acho que é a definição de uma estrela do rock para mim. Quando eu comecei a realmente ouvir Queen, tinha 20 anos, eu pensei 'Oh, isso é rock and roll, tudo que você faz é grande.

"Falando sobre as semelhanças e diferenças entre Mercury e Lambert, Brian May, disse em entrevista coletiva no Brasil em setembro, "Bem, existem diferenças, você sabe, mas eu acho que talvez a coisa mais importante em Freddie era a sua ligação com o povo, com uma audiência, e isso é algo que Adam não tem que aprender, eu acho que é algo que você tem ou não.  Quando Adam anda no cenário não é Freddie, e não se destina a ser, mas Adam se assemelha a ele, há uma semelhança...
Resultado de imagem para adam lambert e freddie mercury
Algo especial acontece com o público, algo que Freddie e Adam têm, e eu sei que Freddie iria concordar comigo que a voz que ambos tinham e têm são vozes incríveis,  um tipo de voz que você só encontra em um milhar de milhões de pessoas. E, claro, a voz é importante, mas não o suficiente. Nós devemos ter a vontade e espírito de saber como usar este instrumento maravilhoso. "Lambert, entretanto, minimizou as comparações com Mercury dizendo. "Ela nunca vai ser outro, e eu não estou substituindo Isso não é o que eu estou fazendo, eu estou é tentando manter viva a sua memória e lembrar as pessoas quem ele era. A coisa surpreendente foi, não imitá-lo. Estou tentando compartilhar com o público o quanto ele me inspira ".

Brian May playlist no Spotify veja o que ele curte

Brian May deixou uma lista de sua musicas preferidas de sempre - dê uma olhada na playlist que ele fez no site do Spotify- As duas primeiras são  do Queen as outras, de variados cantores e bandas !https://play.spotify.com/user/queen_hwr/playlist/3r4uAuTMBn0g10RZ1LlKiU
Resultado de imagem para Brian May Live

queen+ Adam shows para 2016

Resultado de imagem para Queen + adam lambert live 2015
Datas Live para 2016 e por enquanto é isso...
até que não apareça mais alguma data extra !
Queen + Adam Lambert - Summer Festival Tour
May 20th Rock in Rio Lisboa, Portugal - Tickets
May 27th  RheinEnergie Stadium Cologne, Germany - Tickets
June 17th Rock The Ring, Switzerland - Tickets
June 9th Sweden Rock Festival, Sweden - Tickets
June 12th The Isle Of Wight Festival, UK - Tickets
June 25th - Anfiteatro Camerini Piazzola Del Brenta, Padua, Italy - Tickets

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Ao Grande Freddie...

Freddie....
24 de novembro - 24 anos da morte do melhor vocalista de todos os tempos, Freddie Mercury que foi o sensacional cantor, compositor e instrumentista da banda Queen.

Fredie chegou, roubou a cena, fascinou a todos, tornou-se uma lenda viva. Morreu, saiu de cena, fecharam-se as cortinas do palco. E o rock com ele encerrou uma era.

E hoje as homenagens são para ele, Freddie  que com certeza esta mais do que vivo nos corações dos fãs e admiradores

ROSAS AMARELAS

 ( ao grande FREDDIE MERCURY)

Vou deixar aqui rosas amarelas.
Vou brindar a vida com aquele champanhe!
.
Vou tocar de novo aquela velha melodia.
Vou cantarolar baixinho aqueles famosos versos:
Isto é a vida real Ou somente uma fantasia?
Agora já não sei mais, tudo se misturou no tempo...

Com você eu cantei, eu chorei e vibrei.
Vivi os sonhos, me emocionei!

Agora o jardim está vazio.
Somente um piano solitário e rosas amarelas,
que no mover do vento e ao calor do tempo
trazem o seu perfume.

Escuto ao longe alguém cantando,
E revivendo o teu cantar.
Na emoção que se fez vibrante,
uma lembrança se fez presente!

E mesmo antes do fim do dia, antes mesmo do por do sol,
essa voz amiga, querida, soltou seu canto a proclamar:
My life has been saved…I can fly - my Friends!
Sensacional …ele virou estrela !!
De qualquer forma o vento sopra...


 

sábado, 21 de novembro de 2015

Queen live – Hammersmith 75 enfim já saiu oficialmente

A Night At The Odeon - QueenEnfim em 20 nov 2015, saiu oficialmente em lançamento mundial o tão esperado show dos anos 70  - Queen Live – A Night At The Odeon – Hammersmith 1975.

O Cd e o Dvd já estão a caminho das lojas brasileiras. E para adiantar, em quanto esse material não chega por aqui, podemos então escutar esse maravilhoso show no Spotify...

Ouça "A Night At The Odeon": 
https://play.spotify.com/album/2tWmWIqaGRhHssZiGrkn8v
Mais dados sobre esse histórico show já foi postado anteriormente e pra quem não leu ou quer reler, aqui está o link http://queenlives1.blogspot.com.br/2015/10/queen-hammersmith-odeon-saira-em-20-de.html

Mas se preferirem podem já adquirir o audio por download no iTunes https://itunes.apple.com/br/album/a-night-at-the-odeon/id1047713495?l=em

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Queen + Adam no Isle of Wight Festival 2016 Inglaterra

Queen + Adam Lambert anunciam oficialmente que participarão do Isle of Wight Festival 2016 Sunday Headliner 2016 Exclusivo: Será uma única data no Reino Unido!

Mais um festival ... Que legal ... Tá certo 2016 um ano cheia pro Adam que tem vários shows de sua carreira solo agendados e festivais são uma boa pedida, pois tem uma energia diferente ! Mas Brian também já tem alguns shows com a Kerry Ellis pra 2016 - ele não fica parado adora um palco, rsrs


quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Freddie Bio: Brian desmente news recentes do Filme

Resultado de imagem para freddie mercury
Brianmay.com - nov. 2015 - Diante da recente pregunta de um seguidor do Twitter acerca da verdade sobre as recentes  noticias sobre o filme de Freddie publicada por The Tracking Board, Brian responde: "Não creiam nestas informações. Fizeram muitas especulações e rumores sobre o assunto. Nós vamos divulgar as notícias quando estivermos preparados.  Bri

Veja o que saiu na imprensa...

 A longa gestação da biografia de Freddie Mercury, aparentemente, encontrou uma nova vida quando a Sony trouxe Anthony McCarten para escrever o roteiro, de acordo com o Conselho de Acompanhamento. McCarten ganhou uma indicação ao Oscar por seu trabalho no filme biográfico Stephen Hawking A Teoria de Tudo. Ele assume funções de Peter Morgan, que estava anteriormente a tarefa de adaptar a história de Mercúrio para a película.

Na sequência da partida de Sascha Baron Cohen do filme, Sony circulou Ben Whishaw (Spectre, Cloud Atlas) como favorito para retratar o frontman do Queen. O Conselho de Acompanhamento observa que Whishaw ainda está a bordo para estrelar, juntando um elenco que também inclui músico Johnny Flynn como Roger Taylor e Gemma Arterton como Mary Austin. -- Produção alega que o filme começará a ser rodado em Junho de 2016.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Lançamento: boneco de Freddie Mercury


(fonte: aqueenofmagic.com - 10 nov) Em março de 2016 serão 70 anos de nascimento de Freddie Mercury. Para comemorar, será lançado no mercado pela a empresa Bandai um boneco de Freddie.  Para se conseguir uma boa réplica  para o boneco, foi utilizando como base as milhares de fotos e os vídeos de sua atuação no Estádio de Wembley, em 1986 (a última turnê do Queen). Foram investidos mais de 300 horas na modelagem 3D, usando o método inovador de coloração tamashii. A em pré-venda a partir de 29 de outubro a 6.000 ienes preço 45 euros.

A figura da estrela internacional segue os passos de outros, como "Smooth Criminal" em homenagem a Michael Jackson lançado em setembro passado ou outro como Bruce Lee (que será comercializado a partir de janeiro do próximo, por ocasião do seu 75º aniversário) , Luke Skywalker e Obi-Wan Kenobi ( que sairão em fevereiro).



sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Queen premio Lendas Vivas: Classic Rock Awards

Na noite de 11 nov , Brian May participou da solenidade do "Classic Rock Roll Of Honour Awards 2015" em Londres e recebeu a homenagem "Living Legends" de Joe Satriani, em nome do Queen.

Logo depois, ele discursou para a plateia presente."Freddie teria adorado receber esse prêmio."-"Não estávamos buscando um vocalista. Roger e eu achávamos que tinha acabado. Então de algum lugar veio o presente de Deus, Adam Lambert. Por conta dele poderemos tocar no festival da Ilha de Wi...ght e eu estou muito feliz por isso."  Super merecido 👏👏 Via - Queenonline, Crédito: Queen Brazil

 

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

2016: Queen + Adam tocarão em festival na Suécia


Queen e Adam foram oficialmente confirmados para se apresentarem em 2016 no Sweden Rock Festival. O show será no dia 09 de Junho. O comunicado ocorreu na própria página do Festival no Facebook: “Nós podemos agora anunciar que para este verão, você terá a chance de encontrar a Sua Majestade novamente – QUEEN + Adam estará tocando no Sweden Rock Festival em 2016!! Este é o 1o concerto na Suécia, em 10 anos  e temos certeza que vai ser absolutamente uma noite mágica.”

O festival será realizado dos dias 8 a 11 de Junho de 2016 na cidade litorânea de Sölvesborg (Suécia). Serão 82 bandas, de vários gêneros, incluindo classic rock, hard rock, metal e blues. Entre os artistas confirmados: The Hellacopters, Twisted Sister, King Diamond, Avantasia, Blind Guardian, Satyricon, Lordi, Loudness, Amaranthe, My Dying Bride, Dan Reed Network, Finntroll, Legion Of The Damned, Gun, Robin George & Dangerous Music, Eclipse, Dan Baird & Homemade Sin, Bonafide, Tribulation, Pedalens Pagar, Twilight Force, King Witch. Os ingressos já estão à venda aqui.
 

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Queen + Adam no Rock in Rio-Lisboa 2016

Banda inglesa Queen, anunciou concerto no festival lisboeta em maio do próximo ano. E aproveitou para revelar a data em que os bilhetes são postos à venda. A banda de Brian May anunciou na sua página do Facebook o seu regresso a Portugal, onde já havia estado em 2005 com Paul Rodgers em substituição de Freddie Mercury. Desta vez chegam para atuar no Rock in Rio, na condição de encerramento no dia de abertura, a 20 de maio. O vocalista é, obviamente, Adam Lambert.
O Queen é a 1a confirmação do Rock in Rio Lisboa, que será em maio, no Parque da Bela Vista. A banda esteve no Brasil marcando 30 anos do maior festival de música do Mundo.

No longo comunicado, os Queen revelam ainda que a pré-venda de bilhetes para o Rock in Rio Lisboa tem início a 20 de novembro. As vendas propriamente ditas têm início a 20 de janeiro. Recorde-se que esta mesma formação dos Queen atuou este ano no Rio de Janeiro, fazendo parte do encerramento do Rock in Rio.

Roberto Medina, presidente e fundador do Rock in Rio é citado no comunicado para relembrar a primeira atuação dos Queen no Rock in Rio (no Rio de Janeiro), em 1985, ainda com Freddie Mercury, sublinhando que desta vez também será inesquecível. Esta será a primeira atuação de Adam Lambert em Portugal. Atualização de 10 de novembro: O concerto já foi anunciado, também, pela organização do Rock in Rio Lisboa, que acontece a 20, 21, 26, 27 e 28 de maio do próximo ano.

Ler mais: http://blitz.sapo.pt/queen-com-adam-lambert-no-rock-in-rio-lisboa=f98441#ixzz3r9nEffMt

domingo, 8 de novembro de 2015

Rob Halford do Judas Priest: admiração por Mercury

Dica: Queen Brazil facebook - Em conversa com a Indiepower TV, Rob Halford, do Judas Priest, falou de sua admiração por Freddie Mercury, do Queen: "Estava ouvindo Freddie ontem no carro. Ele ainda é uma fonte de inspiração para mim. Tenho uma lista de vocalistas que me tocam profundamente, tanto pelas habilidades vocais quanto pela alma que transmitem. E Freddie é assim, sua voz é extraordinária. Quando estou em estúdio, mesmo com o Priest, eu penso 'o que Freddie faria aqui agora?'" (fonte: whiplash.com)

Queen 78 Jazz : Eles davam as cartas no final da dec 70

07/11/15 | Resenha Album Jazz - Queen 1978 -  Por Neimar Secco - (Whisplash.com )
 
Fim da década de 1970: as grandes bandas do rock na época estavam ou em recesso, ou em um período de criatividade em baixa. Deep Purple inativo, Led Zeppelin, lançando seu último e mais fraco álbum de inéditas (In Through The Outdoor), Black Sabbath com Never Say Die também se despedindo da sua formação clássica, com Ozzy Osbourne nos vocais, Pink Floyd sem nenhum álbum desde 1975 e até o movimento punk já tendo passado pelo seu auge. Nesse cenário, quem dava as cartas no cenário roqueiro era o QUEEN.
 
Não era à toa e nem por um rompante de convencimento e deslumbre que em 1977, Freddie Mercury cantava com toda a força “We are the champions of the world”. “We Are The Champions” era sim uma declaração pé no chão de uma banda que ano a ano, álbum após álbum, vinha ascendendo ao topo. A partir de A NIGHT AT THE OPERA com o clássico maior da banda, “Bohemian Rhapsody” (que aliás completou 40 anos de seu lançamento um dia antes de eu estar escrevendo essa resenha) o QUEEN provava a que veio. Quatro ótimos músicos, liderados pelo carisma do frontman (vocalista e tecladista) Freddie Mercury. Os demais músicos da banda (Brian May – guitarra e vocais, Roger Taylor – bateria, percussão e vocais e John Deacon – contrabaixo), apesar de injustamente não figurarem com frequência em listas de melhores músicos, tinham entre si um entrosamento excepcional.
 
Resultado de imagem para jazz queen album VINYLJAZZ foi lançado no final de 1978. Diga-se de passagem, não se sabe por que a banda deu esse título ao álbum. Por ex, SCHOOL’S OUT de Alice Cooper tem passagens jazzísticas, como em “Blue Turk”, mas JAZZ não tem. Talvez seja uma referência aos diferentes estilos musicais que permeiam o álbum. “Mustapha”, a faixa de abertura começa com Freddie Mercury bradndo: “Ibrahim, Ibrahim, Ibrahim, Ala Ala, Ala, I pray for you”. Uma faixa em ritmo arabesco que se transforma em um potente hard rock e é um dos destaques do álbum, que aliás, não produziu nenhum clássico tão grande quanto “Bohemian Rhapsody”, “Somebody To Love”, “We Will Rock You” ou “We Are The Champions” só para citar os exemplos dos três álbuns imediatamente anteriores a JAZZ. O famoso poster promocional foi barrado por algumas redes de lojas nos EUA, o que forçou alguns fãs a comprarem edições importadas de JAZZ nos EUA Mas isso em nada desmerece o conjunto da obra.
 
 O ÁLBUM FAIXA A FAIXA....
“Fat Bottomed Girls”, por Brian May é ótima faixa em que o guitarrista e Mercury fazem um dueto magistral entre a guitarra rítmica de May e os vocais dele mesmo (como backing) e os de Mercury enaltecendo a beleza das garotas que (no meio da música mais escrota que se faz no Brasil atualmente) seriam chamadas de popozudas. Mas não se deixe levar pela comparação com o vocábulo nacional. Trata-se de uma boa música.
 
Em seguida vem a balada que, inexplicavelmente, foi hit em poucos países: EUA, Nova Zelândia, Brasil, Rússia e Canada: “Jealousy”. Trata-se de Mercury dirigindo-se ao ciúme (jealousy) como se fosse alguém com quem ele dialoga e em seguida trata em terceira pessoa, um vilão que o faz perder amores e entrar em conflito consigo mesmo. Uma balada sensível, reflexiva e bela.
 
Resultado de imagem para queen 1978 LIVE
QUEEN live em 1978 Jazz Tour
Ah, mas depois desse momento de seriedade, chegamos a “Bicycle Race”, um verdadeiro clássico. As diversas passagens rítmicas “em movimentos de rotação” e as paradas e retomadas da melodia fazem dessa canção um momento especial do álbum.
 
“If You Can’t Beat Them” e “Let Me Entertain You” retomam uma levada mais puramente rock’n’roll do álbum. A segunda pelo próprio título e pelo refrão parece ter sido feita para os shows. Seu refrão forte e sua letra exibicionista em que Freddie Mercury escancara sua sexualidade e diz que lhes dará (à plateia) louca performance, direitos de divórcio e uma tour de force é emblemático da personalidade de Mercury.
 
A segunda metade do álbum começa com “Dead On Time”, uma música em que os riffs velozes de May são o maior destaque. “In Only Seven Days” é uma balada quase acústica, “teen” e singela de Deacon em que Mercury descreve a felicidade e a tristeza de um amor de verão (ou nesse caso de uma semana).
 “Dreamer’s Ball” um blues, homenagem de May a Elvis Presley, o rei do rock, falecido no ano anterior.

“Fun It” funk de Roger Taylor no qual ele divide os vocais com Mercury e pode ser considerada precursora do grande hit “Another One Bites The Dust”, do álbum THE GAME, lançado em 1980, embora esta última seja uma composição de John Deacon.
 
Um novo momento introspectivo, a balada “Leaving Home Ain’t Easy”, composta e cantada por May, narra os momentos de angústia e dúvidas de uma separação conjugal.
 
Resultado de imagem para queen 1978 Don’t Stop Me Now”O clima e o ritmo mudam totalmente com “Don’t Stop Me Now” principal destaque do álbum e o maior hit. Música veloz, cheia de energia. Mercury “despeja” toda sua vitalidade e disposição por estar se divertindo e não querer parar. “Don’t Stop” foi usada na comédia de horror ‘Todo Mundo Quase Morto” (Shaun Of The Dead) e também eleita na pesquisa da BBC, melhor música para se ouvir dirigindo (na estrada).
 
O ábum fecha com “More Of That Jazz”, mais uma cantada por Roger Taylor com seu vocal “rasgado” e marcante. Nela Taylor faz críticas sociais e ao modo como o rock, na visão dele é desrespeitado. Essa música, em que Taylor toca quase todos os instrumentos e “abusa” de sua excelente qualidade vocal termina com trechos curtos de faixas do álbum: “Dead On Time", "Bicycle Race", "Mustapha", "If You Can't Beat Them", "Fun It" e "Fat Bottomed Girls".
 
Resultado de imagem para jazz queen album VINYLJAZZ pode não ser o trabalho mais brilhante do QUEEN, mas certamente tem muita força e consistência, bem como faixas com momentos instrumentais e vocais marcantes. Vale a pena ser conhecido e apreciado por fãs não só da banda como amantes do rock em geral.
 
NOTAS: Produced by QUEEN and Roy Thomas Baker Freddie Mercury: lead and backing vocals, piano, bicycle bells on "Bicycle Race" Brian May: electric and acoustic guitars, backing vocals, piano, co-lead vocals on "Fat Bottomed Girls" and lead vocals on "Leaving Home Ain't Easy", bicycle bells on "Bicycle Race"
 
Roger Taylor: drums, percussion, backing vocals, electric guitar and bass guitar on "Fun It" and "More of That Jazz", lead vocals on "Fun It" and "More of That Jazz", bicycle bells on "Bicycle Race" John Deacon: bass guitar, electric and acoustic guitar on "In Only Seven Days", bicycle bells on "Bicycle Race"
 
Sound engineers: Geoff Workman and John Etchells Faixas: 01 Mustapha 3:00 02 Fat Bottomed Girls 4:16 03 Jealousy 3:14 04 Bicycle Race 3:01 05 If You Can’t Beat Them 4:16 06 Let Me Entertain You 3:02 07 Dead on Time 3:23 08 In Only Seven Days 2:28 09 Dreamer’s Ball 3:30 10 Fun It 3:29 11 Leaving Home Ain’t Easy 3:15 12 Don’t Stop Me Now 3:29 13 More of That Jazz 4:19
 
Em 2011 foi lançada uma versão em CD remasterizado com um EP bônus contendo uma versão apenas instrumental de Bicycle Race, a versão single de Fat Bottomed Girls, uma versão alternativa de Don’t Stop Me Now, uma ao vivo de Let Me Entertain You e uma tomada acústica de Dreamer’s Ball O álbum foi lançado contendo um pôster com dezenas de garotas nuas antes da largada de uma corrida de bicicletas. O evento aliás foi promovido pela banda para o lançamento do single duplo que continha no lado A Bicycle Race e Fat Bottomed Girls.